Ética Animal. Sobre o ‘ESPECISMO’, termo criado pelo psicólogo britânico, Richard D. Ryder, em 1970, e posteriormente usado pelo filósofo australiano, Peter Singer.

PRIMEIRA PERGUNTA DO DIA, POR J.S.S.:

¨Se os seres humanos são superiores aos outros animais, por que não respiram embaixo d’água, como os peixes, não correm como os guepardos e não têm o olfato dos cachorros?¨

Na semana que passou, muitos cães da raça Beagle, na cidade de São Roque.SP, foram submetidos a experimentos, legais, com a finalidade de produzir remédios e cosméticos para os seres humanos, porém, de forma cruel, segundo as informações dos ativistas que os resgataram de seu reduto, o Instituto Royal.

Deixo-lhes, mais abaixo, alguns links que os colocarão a par desse assunto e logo poderemos debatê-los em sala de aula. Aproveitem.

Sobre o assunto, ESPECISMO, leiam:

Especismo é a atribuição de valores ou direitos diferentes a seres dependendo da sua afiliação a determinada espécie. O termo foi cunhado e é usado principalmente por defensores dos direitos animais para se referir à discriminação que envolve atribuir a animais sencientes diferentes valores e direitos baseados na sua espécie, nomeadamente quanto ao direito de propriedade ou posse.

O especista acredita que a vida de um membro da espécie humana, pelo simples fato do indivíduo pertencer à espécie humana, tem mais peso e mais importância do que a vida de qualquer outro ser. Os fatores biológicos que determinam a linha divisória de nossa espécie teriam um valor moral – nossa vida valeria “mais” que a de qualquer outra espécie.

De modo similar ao sexismo e ao racismo, a discriminação especista pressupõe que os interesses de um indivíduo são de menor importância pelo mero fato de se pertencer a uma determinada espécie. De acordo com a igual consideração de interesses1 , sua semelhança implica em deverem ser respeitados independentemente da espécie considerada. Infligir dor a um animal sem se preocupar com isso é ignorar o princípio básico da igualdade, que parte da premissa da igual consideração de interesses.”  http:///pt.wikipedia.org/

1-http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/nenhum-lugar-no-mundo-proibe-pesquisas-com-animais
2-http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI344225-17770,00-UM+DIA+REDUZIREMOS+MAS+ACABAR+COM+TESTES+EM+ANIMAIS+AGORA+E+IMPOSSIVEL.html
3-http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2013-10-21/saiba-por-que-sao-feitos-os-testes-em-animais.html
4-http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2013/10/vou-dormir-satisfeita-diz-atriz-nicole-puzzi-apos-cachorros-serem-levados.html
5-http://www.anda.jor.br/18/10/2013/beagles-retirados-de-instituto-royal-correm-risco-de-morte
Anúncios

Comentários desativados.