Antropologia. Entendendo a Mitologia Grega

Na Grécia Antiga, as pessoas seguiam uma religião politeísta, ou seja, acreditavam em vários deuses. Hoje em dia, para nós tudo não passa de mitos, mas os gregos antigos acreditavam muito nessas divindades e achavam que elas habitavam um palácio no topo do Monte Olimpo, a mais alta montanha da Grécia,  que chega a ultrapassar as nuvens. Localiza-se próximo do mar Egeu, na Tessália. Lá de cima, os deuses decidiam a vida dos humanos e se deliciavam com o ambrósia e o néctar, o alimento e bebida que lhes possibilitava a imortalidade. Mas apesar de serem imortais, os deuses possuíam características e comportamentos semelhantes aos seres humanos: raiva, tristeza, alegria, medo, paixão, ciúme etc. Inclusive, muitas vezes, eles se apaixonavam por seres humanos comuns e desciam de sua morada divina para se relacionarem com eles, o que acabava dando origem a filhos semi-deuses ou heróis, como Hércules, Teseu e Perseu, só para citar os mais famosos.

http://monteolimpoblog.blogspot.com.br/

Anúncios

Comentários desativados.