Ética e Filosofia da Arte. Mulheres e Feminismo

Daniela Lima / “Mais de um século após a publicação de Reivindicação dos direitos da mulher, Nise via erguerem-se em tono de si muros semelhantes aos que separavam Mary Wollstonecraft de conquistar a cidadania plena. A conquista dos direitos pelas mulheres nunca é permanente. É necessário um estado de constante vigilância diante dos possíveis retrocessos. Nise não foi enviada à guilhotina, como aconteceu com Olympe de Gouges, mas teve que estremecer o muro tão sólido quanto invisível da falsa razão.”

via A potência do não: Nise da Silveira e Mary Wollstonecraft — Blog da Boitempo

Anúncios

Comentários desativados.