Política e Ética. Deltan Dallagnol, Lava Jato, República de Curitiba, presunção sem fim. Para pensar antes de curtir.

Fonte: El País Ao apresentar a denúncia contra Luiz Inácio Lula da Silva, o procurador da República Deltan Dallagnol apanhou de (quase) todos os lados, algo bastante raro nestes tempos. Tão raro que merece algum espanto e um tanto de precaução. Em diferentes partes do seu discurso durante a coletiva de imprensa de 14 de…

via Eliane Brum: Denúncia de Facebook — Mundo Sustentável

‘Há ainda a hipótese de que a Lava Jato tivesse desde sempre orientada para uma investigação seletiva. E não interesse nem a seus agentes que ela prossiga para além do “grande general”. O espetáculo constrangedor da denúncia de Lula reforçou essa tese. Cabe aos policiais federais, procuradores e juízes mostrar que não têm partido nem ideologia na hora de investigar. Neste sentido, os próximos capítulos são decisivos para que a Lava Jato mostre a que veio.’

lava-jato

Anúncios

Comentários desativados.