Há ÉTICA no submundo da sociedade?

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

Paulo Freire – “Por uma Pedagogia da Pergunta”

(QUEM É CURIOSO SABE MAIS)

REFLEXÕES:

1- Ainda que não desapareçam, por que os crimes hediondos (sequestros, latrocínios e guerra entre traficantes) têm caído quando se tem um megaevento no país?

2-Haverá alguma ética (o ‘pensar nas outras pessoas e querer ajudá-las’) no submundo da sociedade?

3-Será que os delinquentes, assassinos e ladrões, contemplam alguma moral, universalmente válida?

4-Existirá respeito a algum conjunto de valores entre os homens e mulheres vis da sociedade?

5-Por que nos dias em que o Papa Francisco visita o Brasil tem prevalecido uma trégua na violência urbana carioca, ou seja, na violência do estado do Rio de Janeiro?

6-Haverá alguém que conduz o comportamento dos chamados ‘fora da lei’?

7-Ou, existirá algum pacto (acordo), velado, entre ‘os o bem e os do mal’?

Podemos pensar?

Assistam ao vídeo abaixo, da TVEstadão. Talvez vocês sintam o mesmo que eu.

http://video.br.msn.com/?mkt=pt-br&vid=920ebdce-a141-9f11-1ac8-67f35e7c530e&from=sharepermalink-link

tartarugas-ninja-michaelangelo-certo

tartarugas-ninja-michaelangelo-certo

Anúncios

ANTROPOLOGIA. Religiões do Mundo. O Cristianismo. A chegada do Papa Francisco ao Rio de Janeiro. 28 Jornada Mundial da Juventude.

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

Sua Santidade é da América Latina: conhece muito bem as falhas na nossa infraestutura.
Seja bem-vindo.

Cuide-se!

Muito diferente, um PAPA latino-americano, um PAPA pobre!

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

Ontem, emocionei-me ao ouvir que o cardeal argentino, Jorge Mario Bergoglio, o Papa Francisco I, fora escolhido para conduzir a Igreja Católica e seus fiéis. Penso que será uma figura muito ‘diferente’ na Santa Sé.

Achei cativante a forma como se apresentou à multidão em Roma: sua aparição foi modesta, cordial, despretensiosa; ao se despedir, achei-o sereno, confiante e, especialmente, humilde, pedindo que todos orassem por ele.

Um papa latino-americano!, de um dos “países do sul”, quem diria?, educado desde o berço para doar, dividir, compartilhar, repartir com o próximo, diminuindo as desigualdades, a começar pelas dos próprios parentes e vizinhos.

Desejo que sua fé seja algo ‘pragmática’; que ele possa ir além da obediência a Deus; que ele tenha lucidez e sensibilidade para resolver problemas morais e sociais do século XXI – aqueles que concernem à Igreja – de um jeito mais flexível, problemas que afligem os fiéis e também os seus próprios membros, homens e mulheres. Enfim, que esteja mais atento em esclarecer e ajudar os ‘pecadores’ do que em elencar ou simplesmente eternizar os ‘pecados’.

Seja bem-vindo ao Brasil, país com 64,5% de cristãos católicos.

noticias.terra.com.br

noticias.terra.com.br

america latina

marcosbau.com.br